.feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; text-indent:-9999em;}

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O Dia em Que a Receita Federal Ficou Mais Gay

Em 2011:
Sim!
Veados podem declarar Imposto de Renda Juntos!

(O Leão é o Símbolo da Receita Federal do Brasil)
(Acima o Leão mais Veado que achei na Internet)

POST DE ALTO POTENCIAL SUBVERSIVO!

Hoje, 13 de Dezembro, tive a feliz notícia de que a RECEITA FEDERAL do Brasil emitiu uma instrução, autorizando que parcerios do mesmo sexo possam ser incluídos com dependentes no imposto de renda e até declarem imposto de renda juntos.

É dia de Santa Luzia. Será que a Receita Federal e o Governo Brasileiro deixou de ser cegou e enxergou que pelo menos 10% de seus contribuintes possuem orientação HOMOafetiva?

(Leia a Notícia Aqui)

(Diriam alguns dos aliados Demo-Tucanos do PSDB,
como Silas Malafeia e outros, perguntariam)

Esse País melhorou para quem? Veado, nunca teve reconhecimento a nada. Por isso, estão ficando indolente, reclamando de ataques na rua e querendo andar de mãos dadas no shopping. E se eu quiser que meus filhos não vejam essa pouca vergonha? O que faço?

BSvox responde:
Mudem-se para Gana ou para qualquer dos avançadissimos países da Africa onde as relações entre homens ainda é crime.


(Clique Aqui para acessar o site da ILGA com mais dados)

VEADO, com essa notícia eu te digo: Esse País melhorou para mim! Com essa medida da Receita Federal do Brasil, sou gay e mais cidadão brasileiro.

Implicações Jurídicas Favoráveis:

A Declaração conjunta de Imposto de Renda tende a simplificar sobre maneira a vida dos casais homoafetivos que decidem construir uma vida em comum. Medidas como comprar um casa juntos por meio de financiamento imobiliário, fica muito mais fácil.

Uma outra força deste ato do governo do Presidente Lula é que fazendo a declaração em conjunto, fica de forma voluntária e oficial que os dois veados ou as duas sapatas são de fato um casal. Isso tem impactos enormes nas questões de herança.

A partir dessa ação ficará praticamente impossível para os pais conservadores e reacionários de um dos pares, argumentar na justiça que o casal eram apenas amigos e tentar de descaracterizar a união patrimonial existente. Dessa forma, fica mais claro para o judiciário, que o casal homoafetivo que vive junto possue uma união efetiva com todos as implicações patrimoniais decorrentes.

Há quem será contra o coro dos contentes e dirá que é populismo ou midia e que o tão sonhado casamento não foi aprovado. Sim, a união civil depende em grande medida do Congresso Nacional e do Poder Legislativo e não exclusivamente do Presidente da República. Os Brasileiros entregaram tal decisão a célebres personalidades Brasileiras como Tiririca e Romário ... que discutiram e comandaram as novas leis brasileiras.

Ele é Um Dos Nossos? Quem é Quem?
Para explicar o posicionamento de alguns gays, que só viram defeitos em todas as ações do presente governo e que mesmo frente a dados e fatos recusam-se a assumir qualquer avanço (neste post o avanço dos direitos da comunidade LGBTTS).

Há uma explicação: Eles primeiro se identificam com os grupos em que foram socializados, e só depois com as demandas gays (união civil, fim da violência física ou simbólica, direito a declarar imposto de renda).

Weber explica esse comportamento, ao questionar o conceito de classe social marxista e explica: O comportamento dos individuos é em grande medida explicado por sua identificação e lealdade ao seu Grupo de Status.

Mas frente a questões de violencia aberta e homofobia, como os que aconteceram em São Paulo e Rio de Janeiro, nos ultimos meses, não há como explicar a crença de certos individuos LGBTTS sem recorrer a conceitos de alienação e ideologia. Ou seja, frente a um comportamento discriminatório e violento de parte da sociedade em que vive contra a sua identidade, orientação ou exercício da sexualidade, colocam em primeiro lugar a defesa do status quo e das crenças de seu grupo de status e só depois a prórpria existência física, mesmo quando essas crenças inviabilizam sua existência real e verdadeira.

(A aliança DemoTucana Comprometeu-se na campanha a não legalizar a união civil
e a vetar o PL122 por completo)

Consolam-se com um arremedo de vida: o hipócrita paradigma republicano americano: Não Pergunte que Eu não falo. (Don't Ask, Don't Tell) e consolam-se em viver das concessões da sociedade.
(Exemplo: Pode ser Veado, mas não pode: Rebolar, Falar Fino, Chorar, Comandar, Questionar e em alguns casos mais extremo existir ... Pois exigem, em muitos casos a adequação aos comportamentos e padrões heterossexistas)

Em uma aula, ouvi de um professor: Podemos resumir a idéia de classe de Status, na seguinte frase: "ELE É UM DOS NOSSOS" ... portanto, não importam aos conservadores americanos qual a classe social, origem ou a cor de Condolessa Rice (Negra, Republicana, Ex-Secretaria de Estado), importa para eles se ela frequentou e foi bem sucedida em seus mecanismos de socialização. IE, Ela frequentou nossas universidades? Ela defende o nosso discurso? SIM, então, ela é uma das nossas.

Os Gays nos 8 anos Vermelhos.

Essa é uma conquista histórica, uma das 35 demandas de direitos que, nós do Movimento Gay entregamos ao Presidente Lula no início de seu governo, no primeiro planejamento do Governo Federal em 2003 (PPA).

Já versei das conquistas dos 8 anos em outro post, e as repetirei:

  • 2006 Programa Brasil sem Homofobia;
  • 2008 Lula abre a 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, em Brasília;
  • Dentro do Governo Federal os Órgãos estão obrigados a aceitar os parceiros do mesmo sexo como dependentes;
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar obrigou Planos de Saúde a aceitar parceiros com dependentes;
  • Possibilidade de pedido de pensão ao INSS;
  • A pergunta Sobre orientação sexual foi incluida no Censo, para viabilizar visibilidade e projetar politicas publicas para a comunidade LGBTTS;
  • Proposição para o Parlamento do PL122 criminalizando a homofobia. (Defendido por Iara Bernardes PT/SP e por Maria Do Rosário PT-RS, Nova "Ministra dos DH" - SEDH no Governo DILMA)
  • Aumento dos recursos federais para as Paradas do Orgulhos, para ampliá-las e para aumentar visibilidade e número de eventos. No DF, passou de 1 para 7, eu acho.
  • Dezembro 2010: Parceiros em União Homoafetiva poderão declarar imposto de renda juntos e declarar-se como dependentes no IRPF 2011


A Inspiração Igualitária
Motiva o Reconhecimento de Direitos:

Tais conquistas da população LGBTTS aconteceram no governo de inspiração marxista-socialista do Presidente Lula. Os homossexuais são cidadãos e deve-se garantir a eles todos os direitos disponibilizados para todos os outros cidadãos.

Ter como inspiração a Igualdade, a implementando de maneira a ampliar a liberdade dos cidadãos homossexuais é agir fora da tão difundida teoria do pink money (Gays por não terem filhos tem mais renda) que motiva a aceitação de boa parte dos estabelecimentos comerciais e da mídia.

A inspiração Neo-liberal nos reconhece primeiro com consumidores, quem tem dinheiro merece respeito e por ultimo como contribuientes dos impostos. Mas para que reconhecer igualdade para Gays e Veados se isso representa uma renúncia de arrecadação? Qual o ganho econômico ou de eficiência econômica no processo? A lógica do mercado que domina a mente neo-liberal é assim. Digo-lhes a dignidade não pode ser messurada economicamente, assim com a expansão dos Direitos Humanos.

(Um dia escrevo esclarecimentos sobre as diferença do Marxismo e Socialismo científico, real, Leninismo, Castrismo, Maoismo, Stalinismo, etc ... hoje to sem saco! Sobre Gramsci ja escrevi e amo. Assim com a Weber!)

Ter como norte a igualdade tem gerado medida práticas, possíveis de execução com baixa ou nenhuma interferencia do legislativo. São em grande parte resultado da escolha de políticas e de decisões do Poder Executivo Federal (Presidência da República) ... que elencou como prioridade algumas demandas da população LGBTTS (processo de seleção de políticas públicas, mesmo em uma perspectiva de Easton, a decisão do governo de implementar a PP tem papel relevante)

Sinceramente, em análise social, prefiro Weber. Mas sou obrigado a reconhecer a importancia histórica de Karl Marx, do Marxismo e a atualidade de abordagens baseadas em Gramsci e na mistura das teorias de Keynes e Marx.


A Nova "Ministra" do SEDH
Para aumentar a felicidade no Reino de VOX, Maria do Rosário, PT-RS, foi escolhida para ser a "Ministra" da SEDH. A Rainha BethVox I, que mora, desde sempre, e milita em Brasilia desde 2001, teve a honra de conhecer a nobre futura ministra na primeira sessão solene no Congresso Nacional para comemorar o Dia do Orgulho Gay, em 2002.

Maria do Rosário presidiu a sessão e, democraticamente, pediu a audiência que parassem com as vaia a Jair Bolsonaro PP-RJ, quando ele ocupou a tribuna para chamar a platéia de doentes e pecadores. (Total falta de Glamour e Finesse)

Baseado em Weber e pensando em direitos dos Gays, digo: Maria do Rosário é uma das Nossas. Lula, com suas medidas iniciais, foi e é um dos nossos. Dilma, ao escolher Maria do Rosário, e não ceder as pressões da mídia na campanha para prometer vetar o PL 122 e a União Civil, foi e é uma das nossas. Eles reconheceram nossas demandas e paulatinamente as vem implementando.


(Poster da Parada de Brasilia de 2005)
(A Foto foi Tirada por VoxVOX e cedida a Organização)
Hoje, vemos parte dessas demandas se realizarem.

Festa em TerraDeVOX

A Rainha BethVox conclama:

"VEADOS DOS MUNDO, UNI-VOS"

De todo o amplo Planeta LGBTTS, olhem as propostas e realizações de seus governantes para vocês, independente do partido, abram mão de suas convicções de Classes de Status (Se você se sente um Weberiano) ou então de Classe Social (Se você se sente Marxista) e batalhe por seus direitos. A conquista de todos os direitos sociais foram resultado de processos históricos de luta. Desde o mais simples deles.




Enquanto uns tomam toddinho, há quem faça a revolução, ainda que pela comédia.

Faça Você também a sua parte na revolução dos costumes ... repense seus preconceitos e suas posturas ... e construa um mundo melhor, não só para os gays. A tolerância é benéfica e produtiva para todos ...

Agradeço sinceramente a todos que leram e ao Presidente Lula, Maria do Rosário, Iara Bernardes, Dilma entre tantos outros que trabalharam nessa coalizão que no dia de hoje reconhece e implementa o meu legítimo direito de cidadão homossexual a declarar meu Imposto de Renda como qualquer outro cidadão, sem qualquer diferenciação injustificável.

Para mim, essa medida tem peso histórico incalculável. O Governo Federal e a Receita Federal reconhece de maneira formal que a população LGBTTS é parte importante da parcela economicamente mais dinâmica do Brasil e que contribui (de forma ativa e passiva. Diriam os preconceituosos de forma mais passiva que ativa. Enfim!) para a construção desse País e contribui digna e honestamente com seus impostos.

Para comemorar essa conquista, fruto de anos de mobilização e luta
Deixo a música brasileira da época da ditadura que segundo a minha opinião tem umas das letras mais bonitas


Vem, Vamos embora, que esperar não é saber,
Quem sabe faz a hora não espera acontecer

Um comentário:

  1. gente, q texto imenso!
    aff!
    mas são boas notícias mesmo!

    ResponderExcluir