.feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; text-indent:-9999em;}

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

De língua à Língua / Ai, Aurélia, Eu e TUA Língua!

Interações de língua à Língua
OU Ai Aurélia, EU e a TUA Língua!

Será um relato pornô-erótico-sensual entre Eu e a língua de alguém?
Sinceramente? Não sei! Muitos textos têm vida própria, não posso garantir onde vai chegar ...

Começamos Mais uma Reflexão de um Gay Balzaquiano (RGB): Acomodem-se, apertem os cintos, que a viagem vai começar ... Sugerimos que não segure o riso ... vai que estoura uma hem...! Risos.

A Língua e a língua não são fenomenais? Serve para tanta coisa, né? ...

A língua e a Língua, quando corretamentes utilizadas, podem ser as partes mais interessantes de um homem gay.

Lábios, língua, boca e arredores são os primeiros e mais utilizados órgãos sexuais, talvez os mais versáteis e poderosos de todos ...: Um bom beijo: Quando não é tudo, é muito!
Com os lábios armamos sorrisos tímidos e maliciosos, biquinhos que podem transitar do ridículo ao sensual ... associados à língua ao conjunto, O CÉU É O LIMITE da sensualidade.

As combinações de língua Naquilo e Daquilo na língua são infinitas. A criatividade faz muito mais do que a tradicional combinação dos filmes, digamos assim, “didáticos-educativos” direcionado ao entretenimento gay adulto.

De língua a LÍNGUA: Não sei se já você já experimentou, mas a Língua (idioma) também pode ser um poderosíssimo afrodisíaco ... Um sotaque, um acento carregado, um português agarrando, causam comoção e furor, na imensa maioria dos brasileiros gays ... Que seja Xenofilia (amor a coisas do estrangeiro) ou o que for, mas que causa, causa ...

Jogos amorosos celebrados em outro idioma ou em idiomas incertos (ex. Portunhol, Portugles ...) costumam ter um sabor diferenciado, exótico e todo particular ... Palavras rotineiras, safadezas, alcunhas carinhosas para as partes intimas (as vezes, palavrões) nos faltam e passamos a falar a língua universal dos suspiros e gemidos, acompanhados de uma não menos universal linguagem tátil.
Na realidade tudo se integra. Enquanto partes usam o tato, o todo suspira e canta uma sinfonia da ais, uis, ahns e ahams. A língua, mesmo que não domine a Língua (idioma) tem papel fundamental: sussurra o incerto, explora e acaricia de forma suave e contundente cada milímetro colocado a seu alcance.

A idéia era falar como a Tua Língua Mãe (Portuguesa) me foi transmitida em Guarani por minha professora Paraguaya de forma que para sempre eu fosse uma DIVA ao fazer a acentuação e pontuação em Língua Portuguesa ... As idéias tomaram o controle e saiu o post acima.

Depois de Tudo isso, resta perguntar: Você pinta como eu Pinto? Digo: Você língua como a minha língua?

PS: Aurélio é um dos maioires dicionários de Português do Brasil.
Aurélia é um dicionário de expressões típicas de muitos gays falantes de Português do Brasil.

Camões e Fernando Pessoa, não se revirem no túmulo por causa do meu uso cômico e "libertário" de "sua" Língua! Risos.

* Xenofilia = amor por coisas do estrangeiro.

Na música abaixo Karnak brinca com as diversas Línguas do Mundo:

04-karnak - o mundo.mp3
Escutei essa canção em 1995 e ela me motivou a estudar algo mais que inglês, português e Guarani.


Façamos de 2011, o ano contra a Homofobia:


10 comentários:

  1. Parabéns Bs ... texto crônica de primeira linha ... adorável mesmo ... viva a língua em todos os sentidos ... e que 2011 seja pleno e genial ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  2. Acho que sou malicioso demais, porque língua só me lembra coisas...sexuais.

    ResponderExcluir
  3. é, acho q saiu malicioso no ponto certo...

    ResponderExcluir
  4. Vim agradecer por ser mais um dos meus seguidores, mas como sabes meu forte é a língua (idioma), rs
    Com certeza me vera mais por aqui!
    abs
    Jussara

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkk
    Adorei esse post Vox...
    Vc falou do sotaque... Confesso que sotaque é o meu ponto fraco. Adoro o sotaque mineiro, acho fofinho. Também adoro sotaque de extrangeiros tentando falar português...kkkkk
    Vc disse tudo, o que seria da sensualidade, do sexo mesmo, sem a Língua e a língua? Perderia toda a graça, não acha? Tanto com relação ao tato e ao paladar quanto em relação a audição e à semantica...
    Ahh, e só mais uma coisa... Dizem as más línguas (trocadilho infame) que existe a possibilidade de fernando pessoa ter sido gay.... kkkk, então ele não está se revirando no túmulo, deve até ter ficado orgulhosos com tanta criatividade...kkkkkkk

    Um beijo, Vox... Até o próximo

    ResponderExcluir
  6. Uau! Que delícia de texto... malícia, inteligência e a língua pátria no ponto certo.

    Para mim, a Língua ainda tem um outro poder afrodisíaco: se mal falada, acaba com o tesão, se bem dita, desperta tantos interesses...

    Um xêro... com meu natural sotaque nordestino!
    =D

    ResponderExcluir
  7. Corrigindo: A língua e a Língua, quando corretamentes utilizadas, podem ser as partes mais interessantes de...uma pessoa. Hahahaha..e da próxima vez que for doar livros...pensa em mim,tá? Bjs

    ResponderExcluir
  8. adorei o texto, o jogo com língua e a língua foi incrivel
    parabéns!!!
    bjos

    ResponderExcluir
  9. É muita língua (e Língua) nesse corpinho... rs
    Bjs,

    ResponderExcluir
  10. oi tudo bem?
    hj estou escrevendo no blog sexo amor e viadagens

    http://sexoamoreviadagens.blogspot.com/2011/01/homens-que-vestem-roupas-femininas.html

    se puder dar uma passada por lá ficarei grato
    abraços

    ResponderExcluir