.feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; text-indent:-9999em;}

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Mesmo na Incoerência, há razão para as coisas!

Depois do furacão que movimentou a minha vida desde o início do ano, começo a me equilibrar e me colocar de pé, embora em alguns momentos ainda sinta o chão vacilar.

Nesse último semestre, houve de tudo: traição, decepção, morte, abandono, muito choro e ranger de dentes. Também houve vida, conquistas e realizações inimáginaveis.

Diante de todo esse movimento em ritmo video-clipe, muitas e muitas reflexões foram feitas. Algumas conclusões começam a se delinear. Embora muitos conceitos comecem a ser revistos e as tentativas de contrariar alguns paradigmas se mostrem completamente frustadas, ainda resta a base de ver a vida e entender seus episódios.

Continuo firme em uma convicção:

A vida é uma jornada de aprendizado e auto-conhecimento, para o nosso crescimento.


A partir dai é possível lidar e processar a completa falta de coerência e linearidade dos fatos e das pessoas. No final, tudo para o bem daqueles que amam a Deus!!!

Durante esse periodo de incoerência externa total pixei um azulejo do banheiro com frases de ilustres personalidades com as quais compartilho convicções. Há outras com quem compartilho um entendimento da vida.

Fui questionado nos entendimentos e explicitava meus modelos e paradigmas, lastreando-os na experiência e em modelos claros e públicos (exemplo: Amor em Coríntios). Quando questionei a fundamentação alheia escuto: Ah, porque é assim! ou então silêncio.

Um dia desse me assustei com os resultados paradoxais das coisas. Confesso que por 30 minutos quase cheguei a me desesperar e entrar em pânico.

Então, encontrei um papel, com uma lista de pedidos feitos a Deus em 2005, antes do ocaso completo que foi vale das sombras (09/2006 a 09/2007). Pasmem, de todos os pedidos, apenas um, que vinha acompanhado de (?), na lista original, não se cumpriu.

Bárbaro, não? Se me perguntassem durante o vale de sombras, se havia algum sentido naquilo, eu diria: Claro que não. Deus deve estar com raiva de mim.

Hoje, tenho a convicção de que foi a limpeza para que tudo florecesse. Como floreceu e ainda florece, apesar de todos os sobressaltos e inveja! (Não adianta ter inveja [morte em vida] porque as coisas já não acontecem por mim, mas sim como graças e bençãos de Deus, só por minhas forças, nada teria)

Dessa maneira,concluo que a vida é um fluxo, uma semeadura. Sigo sorrindo, sendo dócil e atencioso (semeando o bem), como fiz a vida toda. Ainda que o mundo me julgue como bobo ou imbecil. Há horas que me sinto um completo estrangeiro (meu coração é terra estrangeira mesmo), o mundo parece governado pelo egoismo e hedonismo, já nao servem para mim.

Tive e tenho meus momentos de pessoa dificil, mas sempre que consciente ou conscientizado das derrapadas, volto e explicitamente peço desculpas. Para tentar manter os relacionamentos sem manchas.

Para cada pessoa que tentamos nos relacionar de forma amorosa há um aprendizado e um resultado. Na minha caminhada, conheci músicas incríveis. Hj uma delas representa meu recomeço.

Para finalizar, um video, Relacionamento Sem Manchas: Texto da Fernanda Young, interpretado por Fernanda Torres e recomendado por Fernando HQ. Haja Fernandos ... Risos. Assistam, vale a pena.

video

Há quem ache a Fernanda Young louca, eu a acho genial. No final, parece que eu não sou o único que acha que relacionamento é feito de interação, correções e aparar arestas. Ah, vai sempre existir que prefira encarar o amor como a Maysa Matarazzo! Como diz o título: Ser Feliz é uma escolha!!!

Um comentário:

  1. Amei!!
    Não se cumpriu ainda!! Mas vai se cumprir sem sombra de dúvida!!!
    Mas é isso mesmo... Na vida a gente planta e depois colhe! Você agora está em época de colheita! E que essa colheita seja farta e próspera!
    E esse nosso Deus é tudo de bom!! Quando ele nos tira algo é para que nossas mãos estejam livres para recebermos algo melhor, não é mesmo??
    Beijo meu amigo!

    ResponderExcluir