.feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; text-indent:-9999em;}

terça-feira, 12 de abril de 2011

De mãos Dadas Pela Liberdade - Contra o Bullying Homofóbico

Gente, tô sufocado com a semana de provas na faculdade, mas recebi um video tão legal que tive que postar.

O video é uma campanha anti bullying homofóbico, pelo sotaque dos atores eu acho que foi produzido no Reino Unido ... E chama-se Stand-up - Don't Stand for Homofobic Bullying (Levante-se e Não tolere o Bullying Homofóbico) 5 minutinhos que mostram que é possível um mundo de tolerância e igualdade onde dinossaouros como #ForaBolsonaro caminharam para a extinção.

Já havia conversado com o TUTI sobre essa idéia, chegamos a ligar no Gabinete do Jean Wyllys e no Grupo Gay de Brasilia e sugerir a idéia, mas ainda não foi muito a frente.

A idéia é simples:

Todos de Mãos Dadas pela Liberdade!

Andar de mãos dadas em público é a forma mais singela, simples e inocente de demonstrar afeto e cuidado por uma pessoa.

Casais LGBT (em especial casais de Homens) andando de mãos dadas é uma medida simples que questiona preconceitos e tornando-se comum muda as mentalidades.

Gays, Lesbicas e Trans deveriam promover manifestações em que ao invés de beijar-se, tradicional beijaço andassem os casais de gays, lésbicas, trans e simpatizantes de mãos dadas um sinal claro de desobediência as regras conservadoras que teria muita visibilidade e sobre a qual os conservadores não poderiam fazer nada ...

Pois nos beijaços há legislação que coibe o beijo lascivo, mas para casais de mãos dadas, qual seria a justificativa para a repressão e para críticas e discriminação.

Poderiam todas as pessoas que pró direitos humanos, assim como parentes e amigos que não fossem gays participarem:

De mãos dadas pela liberdade!

Poderiamos fazer visitas guiadas ao Congresso Nacional de Mãos Dadas para mostrar ao Parlamento que gostem eles ou não existimos e temos direito ao respeito a nossa dignidade humana.

As visitas poderiam se estender a todos os locais públicos onde a intolerância fosse constatada: Universidades, Parques, Centros Comerciais, Shoppings Centers e outros.

4 comentários:

  1. Belo vídeo... e bela ideia.

    Eu não sou muito adepto do beijaço. Nada contra, só não teria "coragem".

    Mas meus carinhos em público estão cada vez mais liberados. Não dá pra respeitar o preconceito dos outros pra sempre, né?

    Xêro!

    ResponderExcluir
  2. Eu Sou adepto dos beijaços e de todas as formas de protesto pela igualdade efetiva e pela isonomia ... Viva La Revolucion ...

    ResponderExcluir
  3. Ahh cara... Sério, muito obrigado por fazer esse chamdo... Eu já sou a favor desse tipo de atitude, acho que tem todo um fundamento por tras disso... E eu sou a favor do beijaço em situações que o peçam... Eu tbm acho válido essa proposta de andar de mãos dadas. Eu acho que o quanto mais nos comportarmos com naturalidade, mais vamos nos opor a essa gentalha preconceituosa...rsrs

    Um beijo, Vox... até o próximo

    ResponderExcluir
  4. Apoio e participo ... sempre ... de há muito q ando de mãos dadas com a marida pelas ruas ... #FATO

    ResponderExcluir