.feed-links { clear: both; line-height: 2.5em; text-indent:-9999em;}

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A confiança dos rins ...

E hoje me doem os rins ...

Em fevereiro deste ano, tive uma grave crise de rins ... a terapeuta me leu um textinho, acho que era de um algum desses povos antigos ... para eles os rins se ressentiam quando somos gravemente decepcionados da confiança que depositamos em alguém ...

Neste domingo, tive a pior cólica renal da minha vida ... a dor foi tanta que senti vontade de vomitar ... fui parar no pronto socorro, uma pedra de 6 mm estava descendo em direção a bexiga ... o médico queria me internar ... 6 mm é o limite para que um cálculo saia sem cirurgia ...

Foi inevitável lembrar do textinho ... seguiu-se firme vontade de ignorá-lo ... Comecei a tomar 6 litros de água por dia, na esperança de que o cálculo encontre seu caminho para fora de mim ...funcionou até poucos minutos ...



Hoje o dia foi extremamente difícil, tive dor de cabeça o dia todo e no final do dia comecei a sentir náuseas ... consegui pegar no sono ... depois acordei ... de alguma forma meus rins voltaram a doer ... e as náuseas ainda estão aqui ...


Eu me pergunto, estariam os antigos do textinho certos? Pode uma quebra de confiança se tornar um cálculo renal?

Simplesmente, não há a possibilidade de fazer cirurgia alguma agora ...

Se a gente conseguir voltar a confiar a pedra some?

Vox beijos ...

6 comentários:

  1. vamo beber mta água, qm sabe ne?

    ResponderExcluir
  2. putz como a gente sofre com isto ... já passei ... mas enfim ... te cuida e melhoras querido

    bjão

    ResponderExcluir
  3. Água é bom, mas cuidado com água mineral ^^ Bom, seu médico deve ter dito.. haha
    Amei o desenho (por que será?)

    ResponderExcluir
  4. Mais água, menos carne, sal e embutidos.

    Receita confiável.

    ResponderExcluir
  5. Estimos melhoras, pois pedra nos rins ninguém merece!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  6. Oie
    estou passando aqui para te desejar um feliz natal!!
    abraços até mais

    ResponderExcluir